Cuidados com a pele no outono: dermatologistas dão dicas

Quais são os cuidados com a pele no outono? A pedido da Creamy, duas dermatologistas dão dicas simples que vão fazer toda a diferença na sua rotina de skincare.

Ah, o outono! Estação cheia de magia, marcada pelo renascimento das folhas e um clima aconchegante. Época de mudanças, inclusive para a nossa pele, que com a queda da temperatura e um ambiente predominantemente seco está mais suscetível ao ressecamento e alergias. O que funcionava para cuidar dela antes, pode não ter a mesma efetividade agora, por isso é fundamental adequar a sua rotina de skincare com a chegada da nova estação.

Características da pele no outono

Em algumas regiões do Brasil, nem conseguimos notar a mudança para o clima mais frio e seco, característico da estação, mas no Sul e no Sudeste percebemos nitidamente como nossos hábitos do dia a dia podem interferir na aparência e saúde da pele.

“A pele em si não sofre alteração estrutural com as variações sazonais, mas algumas características podem ser alteradas”, diz a Dra. Verena Florenço, médica especialista em dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

“A pele é nossa proteção e possui na sua superfície uma camada natural de oleosidade. Não devemos entender como algo ruim, pois ela é fundamental para a integridade da barreira cutânea e sua função protetora. A água quente, a limpeza excessiva ou o uso de agentes limpantes muito agressivos podem retirar a nossa oleosidade natural de proteção e causar danos à pele. Quando isso acontece, temos uma pele mais sensível e sujeita a irritações e alergias”, explica.

Dra. Verena Florenço, médica especialista em dermatologia.

No outono, é comum que a pele fique mais ressecada, devido ao clima, a água mais quente do banho ou até a preguiça de aplicar o hidratante gelado no corpo. A dermatologista clínica e cirúrgica, Dra. Talita Vitali, complementa: “Nesse período, temos uma umidade menor, dias mais frios e menor incidência solar. A pele pode ressecar muito mais nessa condição. Além disso, com a temperatura mais baixa, os banhos costumam ser mais quentes, o que também colabora para o ressecamento. Joelho, rosto, cotovelos e pés tendem a sentir mais o impacto do outono”.

Cuidados com a pele no outono: dicas para adotar na estação

Os cuidados com a pele no outono devem ser redobrados para mantê-la sempre linda, saudável e hidratada, enquanto todo o cenário muda ao nosso redor. Para te ajudar nisso, separamos algumas dicas especiais de quem entende do assunto.  

Evite banhos com água muito quente

Os banhos quentes e demorados favorecem a perda da água da pele e retirada dos óleos naturais, deixando-a mais ressecada. A Dra. Talita dá a dica: ”É necessário cuidar com a alta temperatura do chuveiro. Prefira banhos ao longo do dia e não à noite, onde a temperatura é ainda mais baixa, o que pode facilitar o hábito de banhos mais quentes”.

Dermatologista Dra. Talita Vitali.

Não exagere na limpeza da pele

Evitar a limpeza em excesso é importante para manter a qualidade da pele, pois também acaba retirando a oleosidade natural. A escolha do sabonete é fundamental: “Ajuste o sabonete de acordo com o seu tipo de pele e as necessidades dela. Em geral, usamos agentes mais suaves e neutros para a higiene da face”, indica a Dra. Verena. O rosto não precisa ser lavado mais do que duas vezes ao dia.

Hidrate de manhã e à noite

A hidratação não precisa ser excessiva, mas é um passo obrigatório para evitar o ressecamento e descamação da pele. “O hidratante deve ser indicado para o seu tipo de pele, como qualquer outro cosmético. Um rosto ressecado tem um visual com menos viço, menos brilho, aparenta ser mais craquelado e com linhas visíveis. A escolha do hidratante é fundamental para garantir o seu aspecto saudável”, destaca a dermatologista Verena. 

A dica é hidratar o corpo até 3 minutos após o banho, pois nesse período os poros da pele estão abertos e absorvem melhor os cremes aplicados.

Inclua a Vitamina C na sua rotina

A Vitamina C ajuda a manter o brilho do verão nos meses mais frios, recuperando a luminosidade e firmeza da pele. O antioxidante também trabalha na uniformidade do tom e da textura, estimula a produção do colágeno, protege contra os agressores externos e – quando usada pela manhã – potencializa a proteção do filtro solar. 

Use filtro solar

A importância do uso de protetor solar é algo que sempre ressaltamos por aqui, faça chuva ou faça sol – esteja você em casa ou na rua. E é claro que no outono não poderia ser diferente: usar um filtro solar adequado para o seu tipo de pele diariamente é fundamental no rosto e nas áreas mais expostas do corpo.

Aposte nos óleos corporais

“Aposte nos óleos corporais de banho: eles formam uma barreira protetora contra a perda de água da pele no chuveiro. Produtos com manteiga de Karité, ureia e óleo de amêndoas são recomendados”, sinaliza a especialista Talita. A introdução de um óleo em sua rotina além de nutrir a pele a curto prazo, também melhora a retenção de umidade a longo prazo.

Lábios também precisam de hidratação

Para evitar que os lábios rachem e ressequem com a mudança de clima, leve sempre com você um hidratante labial e aplique quando sentir que a pele precisa de hidratação.  

A Dra. Verena finaliza dizendo que ter uma rotina de skincare bem regrada é um dos principais cuidados com a pele no outono. “A constância é o segredo para uma pele bem cuidada e hidratada”. 

Ativos recomendados para cuidar da pele do rosto

A pele do rosto é ainda mais fina e sensível que a pele do corpo. Já sabemos que a Vitamina C é um agente curinga que funciona muito bem em todas as estações do ano, mas quais são os outros ativos recomendados para cuidar bem da cútis nessa época? “Além dos agentes limpantes mais suaves e da hidratação, podemos manter a rotina de cuidados com ácidos e ativos que estimulam a renovação celular”, conta a Dra. Verena. 

Hidratantes como ácido hialurônico, niacinamida e ceramidas são os mais indicados. Já para melhorar a renovação da pele e a retenção de umidade, a dermatologista indica o uso de AHA’s como Ácido Glicólico, Ácido Lático e Ácido Mandélico.

(Visited 2.556 times, 16 visits today)

17 Comentários Cuidados com a pele no outono: dermatologistas dão dicas

  1. MIRELLE abril 23, 2021 at 12:06 am

    Oii, comprei o acido lático (amarelinho) e já quero começar a usar! Porém fiquei com uma duvida: faço home office e uso protetor solar normal (químico) mas sei que ele não protege da luz azul. Terei problemas com manchas se usar o ácido e não utilizar um protetor físico com cor? Obrigada!

    Responder
    1. Carol Moraes abril 25, 2021 at 5:36 pm

      Oi, Mirelle!
      Você pode usar os Creamys sem problemas, pois a luz azul não interfere, neste caso.
      Entretanto, para prevenir qualquer incômodo, combater o envelhecimento precoce e ter uma pele mais saudável, o ideal é investir em um filtro solar com cor e FPS maior do que 30 durante o dia. É sempre bom garantir que o produto proteja contra os raios UVA, UVB e luz visível. ✨ 🥰

      Responder
  2. Juraci abril 23, 2021 at 5:37 am

    Muito bom!!!!

    Responder
    1. Carol Moraes abril 23, 2021 at 12:36 pm

      Oi, Juraci! 💖
      Oba, que bom que gostou.
      Agradecemos o seu comentário! 😻😽

      Responder
      1. Milena abril 27, 2021 at 9:48 pm

        Comecei hoje a usar o ácido glicolico da Creamy. Mas tenho uma dúvida, a luz artificial ou a luz azul podem manchar a pele em contato com o ácido glicolico?
        Sabe como é, né? A noite a gente demora pra pegar no sono e dá-lhe celular na cara…rs

        Responder
        1. Carol Moraes abril 29, 2021 at 2:56 am

          Oi, Milena!
          Sei bem como é! 😂
          A luz artificial ou azul não interfere, neste caso. Mas, durante o dia, o uso do protetor solar é indispensável, tá? ✨🥰

          Responder
  3. Debora abril 27, 2021 at 11:35 pm

    Boa noite.
    Qual a sequencia do skincare?
    Vit c + hidratante + protetor

    Responder
    1. Carol Moraes abril 29, 2021 at 4:45 pm

      Oi, Debora!
      Sim, esse é o passo a passo mais recomendado para a rotina de skincare diurna. Se você quiser pular a hidratação de vez em quando, não tem problema, pois a nossa
      vitamina C tem ácido hialurônico, que já é um ativo hidratante. 🧡

      Responder
  4. Priscilla abril 28, 2021 at 2:08 am

    Estou usando o amarelinho e amando!!! Uso a noite e não uso hidratante. Está correto? Minha pele é seca e sensível e fiquei na dúvida se poderia usar o acido e depois passar um hidratante principalmente no outono. Podem me auxiliar?

    Responder
    1. Carol Moraes abril 29, 2021 at 4:58 pm

      Oi, Priscilla!
      Que bom que você está amando o amarelinho. 💛
      O uso do hidratante é uma escolha pessoal. Você pode usá-lo antes ou depois do Creamy, de acordo com a necessidade da sua pele. Não tem problema algum!
      Vale lembrar que o ácido deve ser aplicado sobre a pele sequinha.

      Responder
  5. Bruna abril 28, 2021 at 3:09 am

    Oi eu comprei o ácido mandelico o rosa mas estou usando faz uns 15 dias e notei que minha está nascendo bastante espinhas e eu não tinha comprei por conta de umas manchinhas que eu tinha é gostaria de clarear mas está nascendo bastante .

    Responder
    1. Carol Moraes abril 28, 2021 at 12:55 pm

      Oi, Bruna!
      O aparecimento de espinhas nas primeiras semanas de uso pode ser considerado normal.
      De qualquer forma, pedimos que envie um email para sac@creamy.com.br contando a sua experiência.
      Assim conseguimos entender melhor o caso e encontrar a melhor forma de te ajudar. Aguardamos o seu contato por lá! 💖

      Responder
      1. Bruna abril 28, 2021 at 1:30 pm

        Muito obrigado .

        Responder
  6. Nayara abril 28, 2021 at 12:10 pm

    Oi! Bom dia! Adorei as dicas, e fiquei com uma dúvida. Eu utilizo um ácido Adapaleno todos os dias antes de dormir pois possuo algumas espinhas ( acne adulta). Gostaria de saber se poderia utilizar algum dos ácidos citados acima, e se misturar não faria mal. Obrigada! 😀

    Responder
    1. Carol Moraes abril 29, 2021 at 2:18 am

      Oi, Nayara!
      A associação do ácido adapaleno com AHAs (alfa-hidroxiácidos) como os Creamys é possível, mas deve ser feita com acompanhamento médico.
      É importante conversar com o profissional que prescreveu o adapaleno para saber qual é a melhor forma de incluir o Creamy na sua rotina de skincare. 😽

      Responder
  7. Luciana abril 29, 2021 at 9:54 pm

    Boa noite, queria uma ajuda, comprei o creamy, rosa e o azul para minha filha que tem 14 anos, e tem bastante espinha, porém ela não quer usar , pq achou a irritou mas, eu ia comprar o amarelinho tbm, agora estou com medo
    Eu tenho 42 e tenho a pele seca usei o azul e irritou tbm. Vcs podem me ajudar?
    Desde já, agradeço.
    Luciana

    Responder
    1. Carol Moraes maio 3, 2021 at 6:21 pm

      Oi, Luciana!
      A irritação é o principal efeito colateral do uso dos ácidos, especialmente durante as primeiras aplicações. Por isso, recomendamos que comece aplicando pequenas quantidades, sobre a pele seca e previamente hidratada, em noites alternadas. A frequência deve aumentar de acordo com a tolerância da pele. Normalmente o tempo de habituação costuma ser de 1 a 2 semanas.
      O azulzinho é indicado para peles que toleram alta concentração de ácidos. Para as mais sensíveis, o amarelo e o rosa são as melhores opções.
      Pedimos que envie um email para sac@creamy.com.br contando a sua experiência.
      Assim conseguimos entender melhor o caso e encontrar a melhor forma de te ajudar. Aguardamos o seu contato por lá! 💖

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *