Ceramidas: o que são e quais os benefícios para a pele?

Você provavelmente já ouviu falar nelas. As ceramidas são indispensáveis para preservar a saúde da pele e dos cabelos, pois ajudam a manter a cútis hidratada, além de formar uma verdadeira camada protetora.

Aqui, fizemos um apanhadão com tudo que você precisa saber sobre esse ativo poderoso e seus benefícios para a pele. O que são, onde vivem e para que servem? Descubra! 

O que são ceramidas? 

De forma resumida, as ceramidas são lipídios (moléculas de gordura) que compõem até 50% da barreira natural da pele. Elas são consideradas as principais formadoras do estrato córneo, camada mais externa da epiderme, então, não é surpresa que desempenham um papel vital na sua aparência.

“Trata-se de um esfingolipídeo, uma gordura que tem como função proteger a cútis das agressões externas”, completa o médico especialista em dermatologia, Luiz Romancini. 

Para que servem as ceramidas na pele? 

Pense nelas como a argamassa entre os tijolos – se eles fossem as células da pele. As ceramidas formam uma camada de gordura que une e evita a perda de água das células, ao mesmo tempo que protege a região cutânea de agressões externas. Assim, a principal função das ceramidas é preservar a hidratação e proteger a pele.

Além disso, esse tipo de lipídio também é capaz de rejuvenescer a aparência da pele, como mostram diversos estudos.

ceramidas para que servem
As ceramidas preservam a hidratação e protegem a pele. 

Quais são os benefícios?

Como já deu para ter uma ideia, as ceramidas trazem muitos benefícios para a saúde da pele. Entre eles estão:

  • Pele mais hidratada, saudável, firme e luminosa;
  • Reforço da barreira cutânea;
  • Menos sinais de sensibilidade e inflamações;
  • Combate o envelhecimento da pele.

Se a pele já contém ceramidas, por que preciso delas nos dermocosméticos?

Os danos causados por fatores internos e externos, como idade, radicais livres, exposição ao sol, entre outros, reduzem a ação das ceramidas produzidas pelo organismo, comprometendo a barreira protetora da pele. A falta delas pode causar uma série de problemas, desde pele ressecada, coceiras e vermelhidão, às rugas e até doenças como dermatite atópica e psoríase. 

É aqui que o conhecimento sobre skincare entra em jogo. Para evitar que isso aconteça ou restaurar a barreira cutânea, é importante hidratar a pele diariamente, dando preferência aos cosméticos que contém ceramidas em sua composição, ideais para ajudar na reposição do componente.

Ácido Lático estimula a produção de ceramidas

Por que fazer a sua pele absorver essas moléculas se você pode estimular a produção natural delas? É exatamente isso que o Ácido Lático da Creamy faz pela sua pele! Além de hidratar, combater a acne, controlar a oleosidade, devolver o glow e reduzir a aparência dos poros, o AHA ainda estimula a produção de ceramidas! 

Creamy Lático: antiacne hidratante que induz a produção de ceramidas. 

Como já revelou um estudo publicado em 1996, o Ácido Lático aumenta consideravelmente as ceramidas no estrato córneo. O resultado disso é uma barreira cutânea restaurada que preserva a hidratação da pele e evita a entrada de elementos nocivos.

A fórmula do Creamy amarelinho combina o Lático com a Niacinamida, outro ativo com ação hidratante e protetora da pele. Está esperando o que para incluir esse produto na sua rotina noturna de skincare? 

REFERÊNCIAS:

Effect of lactic acid isomers on keratinocyte ceramide synthesis, stratum corneum lipid levels and stratum corneum barrier function

Papel das ceramidas na fisiopatologia da pele

(Visited 345 times, 154 visits today)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *