Acne da mulher adulta: causas, prevenção e tratamento

Acne da mulher adulta: causas, prevenção e tratamento

15/09/2021 nenhum comentário CIÊNCIA
Tempo de leitura: 4 minutos

Apesar de atingir majoritariamente os adolescentes, as espinhas e cravos também podem incomodar quem já passou dessa fase. A acne da mulher adulta, ou AMA, é mais comum do que você imagina e traz muitas dúvidas na hora de montar uma rotina de cuidados com a pele. 

Sofre com este problema ou busca mais informações sobre o assunto? Conversamos com a Dra. Natália Resende, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, para entender as causas da acne em mulheres adultas, como evitá-la e o que não pode faltar na rotina de skincare da pele acneica a partir dos 25 anos. Confira abaixo! 

Mas, antes: o que é a acne da mulher adulta?

A acne pode ocorrer em qualquer fase da vida, e nada mais é do que um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos. Na idade adulta, é mais comum nas mulheres e forma lesões na chamada zona U, composta pelo queixo, mandíbula e pescoço. 

Mulheres que possuem histórico de acne na adolescência ou pele oleosa são predispostas, mas o quadro pode se manifestar pela primeira vez já na fase adulta. Segundo o Journal of the American Academy Dermatology, a acne da mulher adulta atinge cerca de 55% das mulheres com mais de 25 anos. 

O que causa a acne na vida adulta?

A acne na mulher adulta tende a ser inflamada, causar dor e agravar durante a menstruação, período pré-menopausa ou na menopausa. A dermatologista explica que “geralmente as lesões se exacerbam no período pré-menstrual, manifestando-se como pápulas e nódulos doloridos e profundos”. 

Ao contrário do que muitos pensam, a causa da acne na vida adulta não é atribuída apenas às oscilações hormonais. Dentre os principais fatores desencadeantes, destacam-se: 

  • Alterações hormonais, como síndrome dos ovários policísticos; 
  • Alimentação rica em laticínios, carboidratos e frituras; 
  • Predisposição genética;
  • Limpeza inadequada da pele; 
  • Aumento do estresse;
  • Tabagismo;
  • Uso de medicamentos, como corticoides, e alguns suplementos alimentares. 

De acordo com a Dra. Natália, a acne da mulher adulta afeta cerca de 35% das mulheres após os 30 anos, e até 26% após os 40.

Skincare e hábitos saudáveis podem prevenir a acne 

A prevenção da acne em mulheres adultas inclui uma rotina de cuidados com a pele adequada às necessidades individuais, além de hábitos de vida saudáveis. “Na maioria das vezes, a rotina de skincare deve ser voltada ao controle de oleosidade. No entanto, é um grande erro acreditar que só tem acne quem tem a pele oleosa e, por isso, uma avaliação dermatológica é fundamental, tanto para a prevenção quanto para os cuidados com a pele acneica”, diz a especialista Natália. 

acne da mulher adulta
É tentador, mas não esprema as espinhas. Isso pode piorar a inflamação e causar manchas ou cicatrizes de acne.

Alimentar-se de maneira saudável, ingerir bastante água e tratar os fatores predisponentes – como as alterações hormonais – também são cuidados essenciais para evitar o problema em qualquer fase da vida.

Como tratar a acne da mulher adulta?

É importante saber que o tratamento da acne da mulher adulta não é o mesmo da acne adolescente. Isso porque ele não é tão simples, já que esse tipo de acne costuma ser mais persistente. A principal recomendação é consultar um(a) dermatologista e evitar qualquer autodiagnóstico (como o popular “mapa da acne”). 

Se necessário, serão prescritos medicamentos tópicos e/ou orais. A Dra. Natália complementa: “casos mais leves são tratados somente com tópicos. Casos recorrentes geralmente necessitam de medicamentos orais para o controle hormonal, como os anticoncepcionais e, eventualmente, antiandrogênicos. Em pacientes mais graves e refratários, utilizamos a isotretinoína”.

Alguns cosméticos podem complementar o tratamento da acne em atividade. São eles:

  • Esfoliantes químicos como os AHAs (ácidos glicólico, mandélico e lático);
  • Seborreguladores como a niacinamida e os BHAs (ácido salicílico); 
  • Retinoides como adapaleno e tretinoina;
  • Limpadores e filtros solares voltados para pele acneica e livre de óleos 

A escolha dos cosméticos varia de acordo com o caso e as características da pele de cada paciente, logo deve ser orientada em consulta médica, após a realização de exames importantes. “Além dos ativos específicos para o tratamento da acne adulta, na rotina de skincare são indispensáveis produtos de limpeza adequados, hidratação e filtro solar”, ressalta a especialista. 

Dá para tratar a acne adulta e prevenir o envelhecimento precoce? A Dra. Natália afirma que sim: “grande parte dos ativos utilizados no tratamento da acne também possuem ação anti-idade. Fora isso, recomendamos incluir na rotina de cuidados alguns produtos antioxidantes, como a vitamina C pela manhã, antes do filtro solar”.

Cuide da sua pele com Creamy!

No Creamy Blog você confere dicas valiosas de como controlar acne hormonal e muita informação relevante para manter a sua pele sempre saudável e radiante. Conheça os produtos da marca e monte agora mesmo a sua rotina de skincare. Mas, lembre-se: não deixe de consultar um(a) dermatologista antes de iniciar qualquer tratamento.

(Visited 714 times, 10 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Carol Moraes

Jornalista focada em comunicação digital, curitibana e mãe de gatos. Adepta ao estilo de vida Creamy: somente o essencial.

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#