Whey Protein dá espinha? Entenda sua relação com a acne

Whey Protein dá espinha? Entenda sua relação com a acne

08/10/2021 nenhum comentário CIÊNCIA
Tempo de leitura: 2 minutos

Uma das maiores dúvidas de quem começa a fazer uso de suplemento para aumento da massa muscular é se Whey Protein dá espinha. Isso acontece porque existem relatos de mudanças na pele após o consumo, como o surgimento de acne pelo corpo. 

Afinal, é verdade que Whey Protein dá espinha? Convidamos o Dr. Luiz Romancini, médico pós-graduado em dermatologia e cofundador da Creamy, para explicar mais sobre este assunto, um tanto quanto polêmico.

Whey protein x Acne 

A acne, como sempre relembramos por aqui, é uma doença genética e multifatorial.

O Dr. Luiz ressalta que a alimentação é um fator importante de piora em alguns casos. “O consumo de suplementos à base da proteína do soro de leite, que é o caso do Whey Protein, está associado ao aumento da acne em pessoas previamente predispostas”. 

Conforme revelam diversos estudos, o mecanismo do efeito colateral parece estar diretamente relacionado ao acréscimo do IGF-1 (Insulin Growth Factor) no organismo. Este é um hormônio produzido pelo fígado em resposta não só ao uso de suplementos, mas também a dietas hiperglicêmicas (ricas em açúcar). 

Devido às alterações hormonais provocadas pelo consumo do suplemento, a pele tende a produzir mais sebo, condição que favorece o excesso de oleosidade e o aparecimento da acne

Mito ou verdade: Whey Protein dá espinha?

whey protein causa acne

Como qualquer outro derivado do leite, sim, é verdade que Whey Protein dá espinha. No entanto, é importante dizer que cada organismo reage de uma maneira específica com a introdução do Whey Protein na dieta. 

“Não significa que todo mundo que consome esse suplemento vai ter acne”, alerta o especialista. Como mencionamos anteriormente, a predisposição genética exerce uma enorme influência nesses casos. 

Como solucionar o problema? 

“Se você tem propensão a acne e pretende suplementar o aporte de proteínas da sua dieta, opções veganas como proteína do arroz, da ervilha e do colágeno são excelentes opções que não causam esse inconveniente”, recomenda o Dr. Luiz. 

Agora, se você iniciou o consumo de Whey Protein e a pele pipocou já nas primeiras semanas, a melhor dica é suspender o uso imediatamente e procurar por auxílio médico. “Consulte sempre profissionais capacitados tanto para orientar sua dieta quanto o seu skincare”, alerta o nosso especialista.

As espinhas te incomodam? Vem de Creamy!

Por último, mas não menos importante: aposte nos cuidados com a pele acneica. Produtos antiacne da Creamy – como os ácidos Salicílico, Mandélico, Lático e Glicólico – vão ajudar a controlar e tratar as espinhas, causadas ou não pelo uso de Whey Protein. Assim, é possível garantir uma pele menos oleosa e bem-cuidada.

Entre em contato com o seu dermatologista e escolha os Creamys que mais combinam com as características e particularidades da sua pele! 

(Visited 321 times, 16 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Carolinne Moraes

Jornalista focada em comunicação digital, curitibana e mãe de gatos. Adepta ao estilo de vida Creamy: somente o essencial.

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#