Saiba qual é o melhor tratamento para melasma

Saiba qual é o melhor tratamento para melasma

17/06/2021 26 comentários CIÊNCIA
Tempo de leitura: 5 minutos

Você provavelmente já ouviu falar em melasma. A doença, bastante comum, causa as famosas “manchas de gravidez” no rosto ou em outras regiões do corpo. Ou seja, algumas áreas ganham uma tonalidade marrom-acastanhada esteticamente incômoda. Mas, qual é o melhor tratamento para melasma?

Para entender por que ele acontece, qual o melhor tratamento para melasma e como prevenir as manchinhas, confira as informações que a Creamy separou para você. Vamos lá?

Primeiramente: o que é melasma?

O melasma é caracterizado pelo surgimento de manchas escuras, geralmente de coloração marrom-acastanhada na pele. Ele costuma aparecer na face — principalmente nas bochechas, testa, nariz e buço.

Mas também pode, raramente, surgir em outras áreas do corpo, como colo, pescoço, braços, pernas e costas. Essas manchas possuem tom amarronzado e costumam ser simétricas.   

Apesar de ser mais comum em mulheres, grande parte delas em idade fértil, o distúrbio de pigmentação também pode acometer os homens. Antes de descobrir qual o melhor tratamento para melasma, é importante saber que ele pode se manifestar de três formas:

  • Melasma epidérmico: ocorre na epiderme, primeira camada da pele, sendo mais fácil de tratar;
  • Melasma dérmico: atinge a derme, camada mais profunda da pele, provocando manchas difíceis de serem tratadas;
  • Melasma misto: afeta tanto a epiderme quanto a derme. 

Por que o melasma aparece?

O mecanismo de formação da doença não é totalmente compreendido. De acordo com o estudo “Fisiopatologia do melasma”¹, os fatores que contribuem para o seu aparecimento são: exposição aos raios UV sem proteção, fototipos altos (peles mais escuras), predisposição genética, aplicação de cosméticos não adequados, problemas na tireoide e uso de certos medicamentos. 

Luiz Romancini, médico especialista em dermatologia, explica que “o problema surge devido ao aumento da atividade de melanócitos (as células que produzem melanina, o pigmento da pele). Como consequência, ocorre um acréscimo do pigmento nos queratinócitos (células que formam a epiderme), o que provoca as manchas nas áreas afetadas”. 

“Recentemente outros fatores que causam piora dessas hiperpigmentações foram identificados como: uso de anticoncepcionais, exposição ao calor, exposição solar (mesmo em outras áreas do corpo não acometidas pelo melasma), radiação infravermelha e poluição”, completa o especialista. 

Já foi demonstrado que os melanócitos são estimulados por estrógeno e progesterona (hormônios femininos), o que explica porque o melasma piora especialmente no terceiro trimestre da gestação. Metade dos casos da doença podem ser atribuídos a causas hormonais (gravidez ou uso de anticoncepcionais orais).

“Alguns casos de melasma podem até desaparecer completamente após o parto, e seu curso é caracterizado por períodos de exacerbação e remissão espontânea”, explica Romancini. 

Tem cura? 

Melasma tem cura? Essa é uma dúvida bastante comum. Infelizmente, não existe uma resolução definitiva para o quadro, mas ao apostar em um tratamento eficaz para melasma, é possível controlar e clarear as manchas, além de prevenir novas hiperpigmentações na pele. 

Tratamento para melasma 

“A doença é caracterizada por períodos de melhora e de piora, principalmente variando de acordo com produtos cosméticos ou medicamentos usados e com a estação do ano”, explica Romancini. 

O médico diz, ainda, que “no tratamento do melasma, a recorrência é a regra: quase 100% dos pacientes sofrem algum tipo de rebote após um período de melhora da doença”.

Apesar de frustrante para quem sofre da doença, é importante entender que esse fenômeno é normal e esperado, e que o dermatologista está preparado para lidar com essa situação. 

É uma doença que requer paciência e tratamento contínuo, mesmo durante as fases de melhora ou de piora, você não deve abandonar seu tratamento e, em hipótese alguma, abrir mão da proteção solar. 

Quais produtos utilizar

Contudo, o uso domiciliar de ácidos e despigmentantes associado à fotoproteção continua sendo o melhor tratamento para manchas no rosto. “Cosméticos com ativos como niacinamida, ácido glicólico, ácido mandélico, ácido lático, alfa-arbutin, ácido tranexâmico, ácido kójico e vitamina C são ótimos aliados para ajudar no tratamento e na manutenção dos resultados”, conta Dr. Luiz Romancini. 

melhor tratamento para melasma

Além disso, é preciso tomar medidas rigorosas de proteção contra o sol e contra a luz visível. “Em outras palavras: é essencial usar protetor solar em TODOS os ambientes, o tempo todo”.

Creamy para melasma

A Creamy tem os melhores ácidos para melasma. São eles: Ácido Tranexâmico (verdinho) e Ácido Mandélico (rosinha). Além disso, há outros ativos encontrados nos Creamys com atividade importante sobre manchas, como a niacinamida, o alfa-arbutin e os derivados da Vitamina C.  

O ácido tranexâmico inibe a melanogênese por outra via, evitando a conversão do plasminogênio em plasmina. Isso ajuda a clarear a pele, além de ter um efeito vasoprotetor que previne os incômodos vasinhos que podem aparecer devido ao uso de outros ácidos

A segunda opção, dependendo das necessidades de sua pele, pode ser o melhor ácido para melasma, já que traz ácido mandélico, alfa-arbutin e alantoína: combate a oleosidade, clareia e hidrata. 

Dr. Romancini explica que “a Niacinamida, por sua vez, impede que a melanina já produzida seja distribuída para as células adjacentes. Sendo assim, a ação dos diferentes ativos clareadores de Creamy são sinérgicas e complementares, inibindo a formação de manchas por 3 vias diferentes”. 

Qual o melhor ácido para melasma? Tanto o tranexâmico quanto o mandélico são ótimos no tratamento, mas quando utilizados na mesma rotina de skincare podem apresentar melhores efeitos do que se usados de forma isolada. 

Tratamento com hidroquinona e ácido retinoico

Medicamentos consagrados pela literatura médica incluem principalmente a hidroquinona e o ácido retinoico como ingredientes. Ambos possuem grande potencial irritativo e devem ser utilizados sob supervisão de um dermatologista por um período limitado de tempo.

“O uso dos medicamentos contendo tretinoína (ácido retinóico) e hidroquinona não são indicados para todos os tipos de pele, e sua forma de uso deve ser individualizada por se tratarem de medicamentos altamente irritantes que podem causar uma piora irreversível das manchas se usados de maneira incorreta”, explica Dr. Luiz. 

Conte com a Creamy!

Deu para perceber que o melhor tratamento para melasma é aquele que é feito regularmente e com muita dedicação, não é mesmo? Com a Creamy, você consegue cuidar da sua pele com fórmulas inteligentes, que vão deixá-la mais saudável e hidratada. Para isso, confira nosso site e aproveite as promoções! 

REFERÊNCIAS

¹ MIOT, Luciane. MIOT, Hélio. SILVA, Márcia. MARQUES, Mariângela. FISIOLOGIA DO MELASMA. 2009.

Artigo original de Carolinne Moraes

(Visited 1.159 times, 12 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Creamy

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

26 Comentários

Aline Gomes 30/03/2021

Texto perfeito. Muiro bem elaborado e bem explicativo… 🙌🏼😘

Carol Moraes 31/03/2021

Oi, Aline!
Agradecemos o seu feedback. 🤩
Esperamos que continue acompanhando os nossos conteúdos por aqui. 🧡

Teresa Cristina dos Santos 04/04/2021

Vou experimentar os produtos. Amei a resenha.

Carol Moraes 05/04/2021

Oi, Teresa, tudo bem?
Agradecemos o seu comentário! 😍
Temos certeza que você irá amar os produtinhos da Creamy.
Ficamos à disposição!

Valéria Souza 09/04/2021

Comprei o verdinho, o rosinha e a vitamina C. Estou perdida em como usar, se posso usar um depois do outro, enfim… Tenho manchas de melasma que adquiri na gravidez e resolvi testar o produto.

Carol Moraes 12/04/2021

Oi, Valéria!
Arrasou na escolha dos seus Creamys!
Vamos lá: a Vitamina C (laranjinha) potencializa a proteção contra os radicais livres, por isso recomendamos usá-la sempre pela manhã, antes do protetor solar e após a limpeza da pele. O verdinho vai bem tanto na rotina diurna, quanto noturna – depois da higienização da pele e antes de qualquer outro Creamy. Já o rosinha – assim como o Glicólico e Lático – deve ser aplicado somente à noite.
Que tal usar a Vitamina C pela manhã, e os dois ácidos (verdinho + rosinha) de noite? É sucesso garantido. 😍

Raquel 14/04/2021

Mas como passar os dois à noite? Digo, passo um hidratante, depois o rosa e depois o verdinho? Ou melhor o verde primeiro e passar o rosa só quando efetivamente for dormir e apagar a luz? Não sei qual a melhor ordem e nem quanto tempo esperar pra passar um ou outro.

Carol Moraes 15/04/2021

Oi, Raquel!
Por ser uma solução aquosa/líquida, o verdinho vem antes do rosinha, como segundo passo da sua rotina de skincare, logo depois da limpeza da pele.
Em seguida, você pode passar o hidratante de sua preferência, mas essa etapa é opcional, tá? O rosinha já tem propriedades hidratantes.
Após a higienização ou hidratação, aguarde 20 minutos e – com a pele bem sequinha – aplique o Mandélico. Prontinho! 💟
Repita o processo de acordo com a tolerância da sua pele – todas as noites ou em noites alternadas. 😽

Raquel 24/04/2021

Muito obrigada! Os meus chegaram hoje!

Carol Moraes 25/04/2021

Oba❣️

Paula 14/04/2021

Oi Carol Moraes,

Também iniciei o meu tratamento noturno contra melasma e acne com o verdinho e o rosinha. Tenho certeza que vai ser sucesso! Obrigada pela dica. Beijos 😘

Carol Moraes 15/04/2021

Oi, Paula! ✨
Essa duplinha é maravilhosa para combater as manchinhas e a acne.
Pode confiar: sua pele vai ficar mais uniforme, luminosa e saudável.
Conte com a gente sempre que precisar! 😽😻

Michelle 17/04/2021

Oi comprei o verdinho para manchas,
Minha dúvida está que ele é aguado.
É assim mesmo?

Carol Moraes 18/04/2021

Oi, Michelle!
Não se preocupe, a textura do verdinho é assim mesmo. 💚
Ele é o produto mais aquoso/líquido da Creamy.

Elaine Beniz 18/04/2021

Olá,
Tenho 42 anos, pele seca e com melasma.
Vou comprar o ‘verdinho’ para melasma e fiquei em duvida qual outro produto posso adquirir que combine com pele madura e seca.
Quais seriam as indicações para minha pele????

Obrigada!!

Carol Moraes 19/04/2021

Olá, Elaine!
O verdinho vai te ajudar bastante no tratamento do melasma. 💚
A pele madura precisa de mais hidratação, regeneração celular e reposição de proteínas. Se a sua pele tolera bem o uso de ácidos, a dica é o Ácido Glicólico, simplesmente perfeito para hidratar e prevenir os sinais do envelhecimento cutâneo. 💙
Para garantir resultados ainda melhores nos cuidados com a pele madura, recomendamos também o Creamy laranjinha, que atua no combate dos radicais livres, melhorando a firmeza, elasticidade e o viço. Sucesso garantido, viu? 🧡

Daniela Oliveira 01/05/2021

Olá, estou precisando de ajuda.
Tenho 33 anos, melasma na região da testa, manchas de acne e poros dilatados. Suspeito que tenho uma rosácea leve.
Comprei o amarelo, azul, rosa e o da tampinha verde. Posso usar todos ao mesmo tempo?
Qual a ordem?
Obrigada 😊

Carol Moraes 03/05/2021

Oi, Daniela!
Você pode usar todos os Creamys na sua rotina de skincare, mas são necessários alguns cuidados essenciais. Os ácidos Mandélico (rosinha), Lático (amarelinho) e Glicólico (azulzinho) devem ser aplicados separados, somente à noite. A dica é intercalar o uso deles, de acordo com a tolerância da sua pele.
Já o Tranexâmico (verdinho) pode ser aplicado tanto de dia, antes do antioxidante ou filtro solar, quanto à noite, antes de outro Creamy. 🥰

Daniela Oliveira 03/05/2021

Oii, muito obrigada!!! Ansiosa para que cheguem logo 🥰 Devo usar todos os dias, intercalando eles?

Carol Moraes 04/05/2021

Oi, Dani! ✨
No início do uso dos Creamys, o ideal seria fazer da forma mais isolada possível, para entender como a sua pele vai reagir a cada produto. Assim, ficará mais fácil identificar qual deles influenciou qualquer reação indesejada, se por acaso tiver. Use apenas um dos AHAs (Mandélico ou Lático) com o verdinho, por até 7 dias. Após esse período, introduza outro ácido em noites alternadas, para então intercalar com o terceiro, que pode ser o Glicólico (nosso AHA com concentração mais alta). 💞

Rogéria 05/05/2021

O verdinho , se usado pela manhã, tem q esperar alguns minutos antes da vitamina c e protetor solar ou secou já pode passar a vitamina c?

Carol Moraes 07/05/2021

Oi, Rogéria!
Assim que a sua pele absorver o produto completamente, pode seguir para a próxima etapa da rotina. 😽

Patrícia 22/06/2021

Quero todos 😍😍

Carol Moraes 23/06/2021

Oi, Patrícia!
Você pode garantir os seus Creamys em nosso site. 🥰

Maria Madalena ramos farias pereira da Silva 10/10/2021

Quero pra melasma

Carolinne Moraes 13/10/2021

Oi, Maria Madalena!
A duplinha verdinho (Tranexâmico) e rosinha (Mandélico) é a melhor pedida para controlar o melasma.
O rosinha, além de ajudar no clareamento, também vai reduzir a oleosidade da sua pele. Você pode usar os dois na sua rotina noturna.
Pela manhã, a Vitamina C (laranjinha) é indispensável para proteger contra os radicais livres e prevenir novas manchas. A dica é usá-la antes do protetor solar. 🌞🙆‍♀️

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#