Manchas na pele: o que as causam e como tratá-las?

Manchas na pele: o que as causam e como tratá-las?

25/05/2021 4 comentários SKINCARE
Tempo de leitura: 6 minutos

Você sabe o que causa as manchas na pele? De diferentes cores e tamanhos, tanto as hiperpigmentações quanto as hipopigmentações podem incomodar bastante e até  indicar a presença de alguma doença.

Para fazer o tratamento correto e diminuir a aparência das manchas, é preciso entender qual é a origem de cada uma e o que elas podem significar. Por isso, dê uma olhada neste conteúdo que a gente preparou para você ao lado do dr. Luiz Romancini, médico especialista em dermatologia, e saiba tudo sobre o assunto!

Quais são os tipos de manchas na pele?

Ali em cima, falamos que existem vários tipos de manchas na pele. Para saber qual está presente no seu rosto, primeiro, precisamos entender como os distúrbios de coloração cutânea aparecem.

Conhecendo esses processos cutâneos, fica mais fácil identificar e procurar o tratamento ideal para você! Mas, lembre-se: se identificar manchas na pele, a recomendação é sempre conversar com um dermatologista para que ele possa fazer o diagnóstico correto.

Hiperpigmentação

Acontece quando aparecem manchas escuras na pele. Elas podem vir em diferentes colorações, como avermelhadas, pretas e marrons. “Ocorrem por aumento na produção de melanina,” afirma dr. Luiz, que completa explicando que “ as cores podem ser diferentes de acordo com a quantidade e profundidade de onde essa melanina é depositada.” 

Nem sempre indicam doenças, mas distúrbios como o melasma podem ser a origem. Além disso, “podem ocorrer após inflamações na pele como acne, consequência de procedimentos estéticos como lasers e peelings — nesse caso, chamamos de hiperpigmentação pós-inflamatória,” explica o médico.

Outro motivo que pode desencadear a formação de hiperpigmentações cutâneas é a exposição solar sem proteção. Por isso, não se esqueça de incluir o filtro solar sempre como produto final da sua rotina de skincare, faça chuva ou faça sol!

Hipopigmentação 

É o efeito contrário, quando a pele perde sua coloração parcial ou completamente em algumas áreas. Elas podem aparecer devido a algumas doenças dermatológicas ou algum processo que gerou inflamação e/ou cicatrização cutânea.

Mas, atenção! Como o dr. Luiz explica, as manchinhas não devem ser confundidas com o vitiligo.  “O vitiligo é uma doença crônica que causa áreas de acromia, ou seja, áreas completamente desprovidas de melanina.” Explicamos sobre esse distúrbio um pouco mais pra frente!

Como identificar a causa e tratar as manchinhas

O jeito ideal para tirar as manchas do rosto depende, de fato, da origem dessas manchinhas. Então, que tal descobrir um pouco mais sobre cada causa possível e, aí sim, acabar com elas?

Melasma

O melasma aparece na forma de hiperpigmentações cutâneas, geralmente, no rosto. As manchas podem acontecer na parte mais superficial (epiderme) ou mais profunda (derme) da pele. 

O tratamento também varia, mas o protetor solar é regra! Diminuir a exposição da pele aos raios UV é uma forma de reduzir a formação dessas manchinhas. Além disso, usar um creme clareador de manchas no rosto com ingredientes como ácido tranexâmico, niacinamida ou ácido glicólico é sucesso.

Hematoma

Você bateu a perna na quina da mesa, e apareceram manchas roxas na pele? É normal! O hematoma, mais conhecido como “roxo”, ocorre quando o sangue se acumula fora dos nossos vasos sanguíneos por conta de alguma lesão no local. Não exige tratamento e, depois de alguns dias, vai embora por conta própria.

No entanto, se ele permanece mais tempo que deveria ou aparece com regularidade em locais em que não houve lesão, pode ser sinal de alguma doença. Então, se estiver percebendo manchas roxas pelo corpo em áreas em que elas não deveriam estar, procure um médico, ok?

Acne

Além de causar muito incômodo, a acne pode deixar cicatrizes e manchas na pele. A gente sabe que dá vontade, mas se você estiver com uma espinha, não a esprema! Esse é um dos principais motivos que leva a pele a ficar manchada. Acnes internas também podem causar essas manchas vermelhas na pele.

manchas na pele

Para se livrar das manchinhas que já existem, o ideal é fazer um tratamento de clareamento de pele. Além disso, é importante usar filtro solar para que não se tornem hiperpigmentações pós-inflamatórias, de tom castanho. Já para evitar manchas futuras, é recomendado utilizar produtos que previnam as lesões. 

“Se sua pele estiver sensibilizada devido a acne ou uso de algum produto que tenha a deixado avermelhada, evite produtos ácidos, esfoliantes químicos e físicos,” aconselha dr. Luiz. “Abuse do hidratante e do filtro solar para evitar que as manchas permaneçam ou piorem.” 

Vitiligo

O vitiligo é uma doença crônica, que resulta na perda completa de melanina em determinadas regiões do corpo. Pode aparecer em qualquer lugar, inclusive no couro cabeludo, normalmente sendo manchas bem delimitadas.

“Existem alguns padrões de progressão do vitiligo, mas o curso da doença é incerto,” aprofunda dr. Luiz. O vitiligo pode apresentar períodos mais estáveis e períodos de exacerbação, o que pode criar a sensação de que o distúrbio vai e volta.

Hoje em dia, existem muitas opções para quem sofre com a doença, e o tratamento deve ser feito com acompanhamento de um médico responsável. O doutor completa: “as lesões podem reduzir se iniciado o tratamento correto, mas dificilmente se consegue a cura completa do vitiligo.” 

Outros causadores de manchas

Além das causas para as manchas na pele que já mencionamos, existem outros motivos que podem estar gerando a hiper ou a hipopigmentação no seu rosto. A exposição prolongada ao sol sem o uso correto do protetor está presente em muitos dos casos.

Alguns produtos ácidos também precisam de atenção ao serem usados. Dependendo da concentração na fórmula, eles podem deixar a camada superficial da pele mais fina, e com isso, a proteção natural contra luz solar é reduzida. 

Assim, a cútis fica mais sensível e, sem a proteção de um filtro solar, manchas podem aparecer. Seguir as instruções do dermatologista e da própria embalagem desses produtinhos é fundamental.

Em locais de atrito cutâneo, o aparecimento de hiperpigmentações pode ser sinal de ganho de peso ou de doenças. “Escurecimento e espessamento da pele de áreas como pescoço, axilas e virilhas podem ser sinal de alguma doença endócrina, como a diabetes,” explica o doutor. “É fundamental investigar a causa quando isso ocorre.”

Algumas manchinhas podem aparecer também por causa de uma doença fúngica chamada tinea versicolor, popularmente conhecida como micose de praia. “Durante a infecção, a pele acometida recebe menos radiação solar devido a presença do fungo,” comenta o dermatologista.

“O fungo alimenta-se de células mortas da superfície da pele e produz substâncias que induzem a hipopigmentação. Por isso, mesmo após o tratamento, podem restar áreas mais claras na cútis, onde o fungo estava presente,” completa.

Para confirmar o diagnóstico da doença, é preciso o exame de um especialista. O médico poderá indicar o tratamento correto. Quanto às manchinhas na pele, normalmente elas somem com o tempo e não precisam de algum produto específico.

Acompanhe a gente e não perca nenhuma dica!

Aqui, na Creamy, além de produtos com fórmulas inteligentes, oferecemos muitas dicas para você aproveitar sua rotina de skincare ao máximo! Por isso, não deixe de nos acompanhar e fique por dentro de todas as novidades que a gente compartilha por aqui!

(Visited 1.413 times, 1 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Creamy

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários

Renata Barroso 07/07/2021

Bom dia!
Tenho manchas escuras na pele devido as acnes, quais produtos da linha vcs me indicam?
Obrigada!!

Carol Moraes 08/07/2021

Oi, Renata!
A dupla perfeita para o clareamento e prevenção de manchas escuras é o Tranexâmico (verdinho) + Mandélico (rosinha). Os dois podem ser usados na sua rotina de skincare noturna. Já na rotina diurna, um antioxidante poderoso é essencial para ajudar a prevenir a hiperpigmentação, já que combate os radicais livres. Então, a vitamina C da Creamy também não pode faltar. A dica é aplicá-la antes do protetor solar, diariamente. 😘

Fernanda dos Santos grossmann 13/08/2021

Creme p pele acneica e manchas escuras de acne

Carol Moraes 18/08/2021

Oi, Fernanda!
A melhor dupla de Creamys para pele acneica e com manchas escuras é o Tranexâmico + Mandélico.
Clique aqui para mais detalhes. 🥰

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#