Espremer cravos e espinhas em casa: será que é uma boa ideia?

Espremer cravos e espinhas em casa: será que é uma boa ideia?

23/09/2021 2 comentários CIÊNCIA
Tempo de leitura: 4 minutos

É quase impossível não querer espremer cravos e espinhas quando eles aparecem em nosso rosto. Em qualquer tamanho ou quantidade, além de poderem ser bastante incômodos visualmente, esses “visitantes” trazem diversos problemas para a nossa pele.

Então, por que não nos livrar deles logo e espremê-los? Existem alguns motivos para evitar essa prática. Preparamos um conteúdo completo ao lado do Dr. Luiz Romancini, médico especialista em dermatologia, para que você entenda melhor esse assunto!

O que são cravos e espinhas?

Para saber por que espremer cravos e espinhas faz mal, primeiro é importante entender o que eles são. A acne é uma condição cutânea muito comum, que costuma afetar as pessoas principalmente durante a adolescência, mas não é exclusiva dessa fase.

Sua principal característica são os cravos e espinhas, também chamados de comedões e pústulas, respectivamente. Dessa forma, é dividida em graus, dependendo da gravidade: começa no grau 1, acne comedônica ou não inflamatória, e vai até o grau 5, acne fulminans.

Essas lesões na pele são formadas por processos inflamatórios e podem ser agravadas por uma série de questões. Entre elas estão predisposições genéticas, influências emocionais e mudanças hormonais.

Isso não significa que cravos e espinhas são a mesma coisa. Os comedões nada mais são do que o resultado da obstrução de um poro, seja por atividade sebácea, sujeira ou hiperqueratinização. Já as espinhas são um processo inflamatório mais avançado, já com a presença de pus.

Por que não espremer?

Mas, então, pode espremer cravos e espinhas? A resposta curta é não. “Forçar manualmente a extração de cravos e espinhas nunca é uma boa ideia, principalmente se você tem a pele sensível e propensa a manchas”, completa Dr. Luiz.

Basicamente, o que acontece quando você tenta espremer cravos e espinhas é que o atrito e a pressão exercidos ao tentar fazer o procedimento causam uma piora da lesão já existente. Em alguns casos, se a sua mão estiver suja, por exemplo, pode até contaminar o local, trazendo graves consequências.

espremer cravos e espinhas

“Isso vai gerar uma resposta inflamatória maior, o que pode resultar em manchas de acne que podem demorar meses até desaparecer”, adiciona Dr. Luiz. Você já ouviu falar que espremer espinhas deixa marca? É exatamente isso! Até mesmo cicatrizes permanentes podem aparecer.

Muitas pessoas acreditam que, ao espremer cravos e espinhas, estão livrando o poro da sujeira que estava acumulada. O que acontece, na verdade, é que o ciclo de surgimento e cicatrização dessas lesões é interrompido e, na maioria dos casos, retardado por essa ação. 

Como se livrar dos cravos e espinhas

Se não pode espremer espinhas nem cravos, qual é o procedimento correto para nos livrarmos deles? A única maneira de descobrir o processo correto para você é com a ajuda de um dermatologista.

O profissional irá examinar diversas características da sua pele, como o tipo, o fototipo, a sensibilidade, etc. Depois, irá analisar quais serão os tratamentos ideais para você. Além disso, o acompanhamento dermatológico é fundamental para entender a evolução do quadro e quais os próximos passos a serem tomados.

Dessa maneira, existem alguns tratamentos que são mais comuns e podem ajudar na maioria dos casos de acne, desde que feitos da forma correta.

Limpeza de pele profunda

A limpeza de pele profunda é um procedimento bastante comum, que consiste em diversos passos feitos por um profissional dermatologista ou esteticista. O objetivo dele é livrar o paciente dos comedões, de maneira a causar o mínimo de trauma possível à pele.

Apesar de ser um processo que inclui espremer cravos, não é feito da mesma maneira que uma extração amadora. “Realizar esse procedimento de forma caseira ou mesmo com profissionais não capacitados para isso pode gerar um aumento da inflamação e piora das lesões e manchas, que podem ser permanentes”, alerta Dr. Luiz.

Rotina de skincare

Uma rotina de skincare consiste, basicamente, em três passos principais: limpeza, hidratação e proteção. Eles trabalham em conjunto para oferecer um aspecto mais bonito à pele, além de ajudarem na saúde cutânea.

Uma boa dica é apostar em produtos que, além de suas funções principais, também tenham um poder antiacne. No entanto, é importante que a rotina tenha sido aprovada pelo dermatologista que está fazendo o acompanhamento, visto que o uso de certos produtos pode causar resultados indesejados.

AHAs e BHAs

Os alfa-hidroxiácidos ou beta-hidroxiácidos também são opções excelentes para quem busca controlar a acne. Entre os mais populares estão o ácido lático, o ácido mandélico, o ácido glicólico e o ácido salicílico, o único BHA da lista. A boa notícia é que eles  podem ser adicionados ao skincare, mas ainda exigem atenção especial.

“Quando usamos cosméticos antiacne, principalmente com ácidos, a pele pode ficar mais sensível e mais fina, o que a deixa mais suscetível a sofrer uma irritação e um processo inflamatório maior”, comenta Dr. Luiz. “Consulte sempre um dermatologista”, finaliza.

Evite a acne com a Creamy!

Viu só como é fácil evitar espremer cravos e espinhas? Com a Creamy, você pode escolher o tratamento antiacneico que mais combina com você e a sua pele, sem estresse! Visite nossa loja virtual e aproveite!

(Visited 490 times, 1 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Creamy

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 Comentários

Viviane 23/09/2021

Boa noite, o Instagram sugeriu a marca de vocês . Entrei pra conhecer e achei muito interessante a proposta que vocês apresentam sobre sckin CARE. Minha filha tem 13 anos e está sofrendo com cravos e acne. Gostaria de mais informações já que ela está na pré-adolescencia.

Carol Moraes 28/09/2021

Oi, Viviane! 🥰
Ficamos muito contentes em saber que você gostou da nossa marca.
Temos 4 Creamys antiacneicos que podem ajudar a sua filha: os AHAs lático, mandélico e glicólico; e o BHA salicílico.
Em peles acneicas ou oleosas, recomendamos utilizar um dos AHAs à noite e o BHA até duas vezes ao dia (de manhã e à noite). Mas, vale lembrar que contar com orientação médica é essencial para garantir resultados satisfatórios, especialmente durante a pré-adolescência. 😘

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#