Como tratar espinhas? Descubra quais são os cuidados essenciais

Como tratar espinhas? Descubra quais são os cuidados essenciais

atualizado em publicado em 13 de outubro de 2022 nenhum comentário DICAS E TUTORIAIS
Tempo de leitura: 4 minutos

Quem tem a pele oleosa sabe como é difícil lidar diariamente com o brilho excessivo e o surgimento de acne. Se esse for o seu caso, saiba que ter uma boa rotina de skincare está entre as dicas sobre como tratar espinhas. Por isso, é importante separar alguns minutos do dia para cuidar da pele. 

O recomendado é que esse ritual passe pelas etapas básicas do skincare: limpeza, esfoliação, hidratação e proteção. Vale lembrar que, para obter melhores resultados, o ideal é contar com produtos apropriados para seu tipo de pele. Continue nos acompanhando para conferir como tratar acnes e espinhas no rosto!

Cuidados básicos de uma pele acneica

Ter uma boa rotina de cuidados é uma das melhores formas de tratar acne naturalmente, ou seja, sem remédios tópicos. Isso porque cada produto tem uma função específica que contribui para o funcionamento das camadas da pele. 

De acordo com Luiz Romancini, médico pós-graduado em dermatologia, a limpeza deve ser feita com um sabonete adequado para a pele oleosa. O recomendado é que esse passo aconteça duas vezes ao dia: uma de manhã, ao acordar, e outra à noite, antes de dormir. 

O especialista explica que lavar o rosto excessivamente pode acarretar outras questões na pele, portanto é importante se atentar a isso. “O excesso de limpeza pode prejudicar a barreira cutânea, favorecendo a entrada de micro-organismos e poluentes que podem até piorar a acne”, explica.

A hidratação é outro passo importante, uma vez que ajuda a prevenir o ressecamento excessivo causado por produtos antiacne e recompor a barreira da pele. 

Conheça a importância da esfoliação

A esfoliação é um passo fundamental do skincare, porque ajuda a retirar o excesso de células mortas presentes no rosto, que causa a obstrução de poros e favorece o aparecimento da acne.

Há três tipos de esfoliação: física, química e enzimática. Para pele com espinhas, o ideal é optar por esfoliantes químicos. Eles agem na pele pelo processo de descamação, desobstruindo os poros e renovando a superfície.

Além disso, não se esqueça do último cuidado básico do skincare: a proteção solar. Enquanto controla a oleosidade, o filtro solar protege a pele contra doenças causadas pela exposição aos raios solares.

Ácidos no tratamento da pele

Então, como tratar espinhas? O uso de produtos que controlam a oleosidade, como os ácidos AHAs, é uma ótima opção para isso. Com eles, é possível tratar a pele a longo prazo, prevenindo o aparecimento da acne. 

“Por acelerarem a renovação celular, eles ajudam na expulsão de comedões (cravos) já formados, enquanto regulam a produção de sebo pela pele, o que evita o aparecimento futuro de novas espinhas. Além disso, os ácidos são ótimos aliados para prevenir e melhorar manchas que as acnes causam”, conclui Romancini.

Porém, antes de aplicar qualquer produto, é muito importante que você procure um dermatologista, especialmente para saber como tratar espinha interna

Esse profissional vai avaliar as particularidades da sua pele, podendo solicitar alguns exames antes de indicar o tratamento ideal. Ele ajudará você a entender como tratar espinha inflamada, interna e os demais tipos de acne.

Creamy no tratamento da pele acneica

Todos os AHAs da Creamy são indicados para tratar espinhas. Contudo, a escolha do produto ideal pode depender de alguns fatores, como a potência tolerada e a textura preferida. O Ácido Glicólico, por exemplo, é mais potente que o Lático, que possui uma fórmula mais gentil. 

As texturas dos AHAs variam, então você fica livre para escolher a opção que mais se adapta às particularidades da sua pele. Para quem gosta de versões em sérum ou gel, o Ácido Lático e o Mandélico são indicados. 

Vale lembrar que os ácidos contam com ingredientes que, além de tratar espinhas, melhoram a aparência da pele. O alfa-arbutin, presente no Mandélico, por exemplo, ajuda a clarear as manchas escuras causadas pela acne, proporcionando um visual mais uniforme. 

“A niacinamida, presente no Glicólico e no Lático, é um ingrediente com grande potencial seborregulador, hidratante, calmante e clareador. Essa característica torna esses dois ácidos excelentes aliados no controle da oleosidade, da dilatação dos poros e das manchas pós-inflamatórias”, explica o especialista. 

Por último, o Ácido Salicílico também é uma excelente opção para tratar espinhas. O produto da Creamy reduz imediatamente a oleosidade, desobstruindo os poros e realizando uma esfoliação na pele. Consequentemente, ajudando a evitar o aparecimento de acnes.

Skincare para tratar espinhas

Após descobrir os cuidados básicos da acne e a função dos ácidos na pele, a dúvida que fica é: como tratar espinhas na prática? Como falamos, limpar, esfoliar, hidratar e proteger a pele são passos essenciais para a conquista de uma pele mais bonita e saudável.

O primeiro passo de como curar espinhas é começar lavando bem o rosto com um sabonete indicado para seu tipo de pele. Esse passo vai remover as impurezas acumuladas na pele ao longo do dia e retirar os radicais livres produzidos durante a noite. Em seguida, aplique um hidratante para repor a barreira cutânea que protege seu rosto. 

Na rotina da noite, aplique de três a quatro gotas de um produto de tratamento, como o ácido lático. O indicado é fazer isso em dias alternados para evitar qualquer irritabilidade. Já no skincare da manhã, o recomendado é terminar os cuidados com um protetor solar.

Adicione a Creamy no seu skincare!

Agora que você já sabe como tratar espinhas, que tal adquirir nossos produtos para incrementar seu skincare? Nossas fórmulas são feitas com ingredientes poderosos, que cuidam da sua pele de forma eficaz e acessível. Confira!

compartilhe esse conteúdo:

Avatar for Creamy

Creamy

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © Creamy 2023. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
Meios de pagamento