Perguntas e respostas sobre alergia na pele

Perguntas e respostas sobre alergia na pele

22/09/2021 nenhum comentário CIÊNCIA
Tempo de leitura: 4 minutos

Ninguém está livre dos sintomas de alergia na pele. O maior órgão do corpo é também um dos mais acometidos por reações alérgicas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 40% da população mundial possui algum tipo de alergia. 

A reação inflamatória pode se manifestar em todas as idades, nas mais variadas regiões, dos pés à cabeça. Quando isso acontece, surgem muitas dúvidas relacionadas às causas, sintomas e tratamento da alergia. Para esclarecê-las, a melhor forma é sempre buscar auxílio médico, mas como informação nunca é demais, convidamos a Dra. Erika Nogueira, médica dermatologista, para responder as perguntas mais frequentes sobre alergia na pele. Acompanhe abaixo!

O que é alergia?

“Alergia, ou reação de hipersensibilidade, é uma resposta do sistema imunológico após a exposição a um determinado antígeno, ou seja, qualquer substância estranha ao nosso organismo”, comenta a Dra. Érika. No geral, ocorre em indivíduos geneticamente suscetíveis e/ou previamente sensibilizados. 

Como ocorre uma reação alérgica na pele?

A médica explica que a alergia ocorre quando o sistema imunológico confunde uma substância inofensiva com um invasor e, diante da exposição ao alérgeno, o organismo libera uma reação química que causa os sintomas.

“São produzidos anticorpos que identificam um alérgeno como prejudicial. A reação pode se manifestar na pele, nas vias aéreas ou até no sistema digestivo”.

O que pode causar alergia na pele?

Na pele, os estímulos podem variar bastante, desde agentes presentes no ar (poeira), picadas de insetos, medicamentos, alimentos, produtos químicos, cosméticos, pólen de plantas, pelos de animais, bijuterias, roupas, suor e até estresse. 

Quais são os principais sintomas?

Os principais sintomas de alergia incluem vermelhidão, coceira, bolinhas pelo corpo, inchaço, urticária, bolhas e descamação da pele. No entanto, é importante entender que essas manifestações nem sempre estão relacionadas à uma reação alérgica. “A consulta com um dermatologista é indispensável para saber o que está acontecendo”, alerta a Dra. Erika. 

alergia na pele sintomas

Qual é a diferença entre dermatite atópica e dermatite de contato?

As dermatites atópica e de contato estão entre os principais tipos de alergias na pele. 

“A primeira caracteriza-se por deficiência na barreira de proteção da pele, o que provoca a perda de água frequente, fazendo com que ela não consiga se manter hidratada. Logo fica constantemente inflamada, com períodos alternados de melhora e piora. Os intervalos podem ser de meses ou anos entre uma crise e outra, mas alguns pacientes mantêm a doença crônica contínua. Não é contagiosa, e pode estar associada à asma e rinite”.

Já a dermatite de contato (ou eczema de contato) é uma reação inflamatória na pele, decorrente da exposição a um agente capaz de causar irritação ou alergia. Como o nome sugere, ela surge sempre que a pele entra em contato com substâncias alérgicas. 

Alergia na pele: como aliviar?

Uma das maiores dúvidas relacionadas ao assunto é como aliviar alergia na pele quando surgem os sintomas. A dermatologista compartilha que é preciso agir imediatamente. “Uma boa dica é lavar a região afetada com água abundante, utilizando um sabonete de pH neutro. Em seguida, aplicar um hidratante hipoalérgico com ação calmante para aliviar o desconforto e acalmar a irritação”. Caso os sintomas permaneçam, o indicado é procurar por orientação médica. 

Tratamento e prevenção da alergia na pele

“A principal medida de prevenção é descobrir os alérgenos culpados e excluí-los de sua vida diária. Além disso, hidratar a pele é fundamental para manter e fortalecer a barreira de proteção. Recomendamos também o uso de sabonetes adequados ao próprio tipo de pele e evitar banhos muito quentes e demorados”. 

Já o tratamento, seja da alergia na pele que coça e fica vermelho ou de outras mais graves, deve ser prescrito por um médico dermatologista. “De maneira geral, corticosteroides e anti-histamínicos são muito utilizados”, completa a especialista.

Quais são as contraindicações para quem tem alergia na pele?

“Deve-se evitar qualquer contato com o alérgeno que provocou a reação. É importante ressaltar que a partir do momento que a pessoa desenvolve alergia a um medicamento, permanece alérgico por toda a sua vida e este medicamento precisa ser sempre evitado”, afirma.

Como saber se é mesmo alergia?

Em caso de suspeita de uma reação alérgica, o melhor é procurar um dermatologista ou alergologista o quanto antes. O profissional fará uma avaliação completa para entender os sintomas manifestados. Existem ainda alguns testes de alergia, realizados através de picadas no braço ou aplicação de substâncias na pele.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil! Continue acompanhando o Creamy Blog para mais dicas de skincare e informações que ajudam a manter a saúde da pele.

(Visited 1.151 times, 76 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Carolinne Moraes

Jornalista focada em comunicação digital, curitibana e mãe de gatos. Adepta ao estilo de vida Creamy: somente o essencial.

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#