Milium no rosto: aprenda o que é e como tratar

Milium no rosto: aprenda o que é e como tratar

Atualizado em Nov 29, 2021 nenhum comentário DICAS E TUTORIAIS
Tempo de leitura: 4 minutos

Você provavelmente já teve um milium no rosto e talvez nem saiba disso! Apesar de ser inofensivo para a nossa saúde, o milium pode causar desconforto estético quando aparece em grande quantidade. 

Por esse motivo, as queixas sobre eles crescem nos consultórios de dermatologistas, e as receitas caseiras para retirá-los pipocam na internet. Porém, tenha muito cuidado: é necessária a avaliação de um médico dermatologista antes de qualquer tipo de tratamento. 

Se você tem milium no rosto e ainda não sabe o que é ou como tratar, conversamos com o Dr. Luiz Romancini, médico pós-graduado em Dermatologia, para tirar as suas principais dúvidas. Assim, você fica mais tranquila com essas marquinhas. 

O que é o milium?

Segundo o Dr. Luiz, “o milium é um tipo de alteração que aparece como pápulas (bolinhas) que não causam sintomas, são parecidas com um cisto entre 1 e 3 mm, amareladas ou transparentes”. 

Apesar de ser confundido com o cravo, eles têm origens bem diferentes. Enquanto o cravo surge por conta da obstrução dos poros pela oleosidade da pele, o milium no rosto é resultado de acúmulo de queratina dentro do folículo piloso (poro).

Eles podem aparecer em idades diferentes. O milium primário acomete 50% dos recém-nascidos, especialmente na região do nariz, e desaparece em alguns dias. Já o milium secundário é encontrado em adultos e pode aparecer em qualquer parte do corpo, principalmente ao redor dos olhos, na testa e nas bochechas. 

Como prevenir o milium?

Como ainda não sabemos o que causa milium no rosto, não é possível evitar 100% do aparecimento dele. Porém, há alguns cuidados que podemos tomar, como explica o Dr. Luiz.       

“Acredita-se que a formação do milium se deva a uma degeneração das fibras elásticas que produzem a queratina, provocada ou induzida pela exposição excessiva à radiação solar”, detalha o doutor. 

Ainda segundo ele, “a genética parece exercer uma função importante no aparecimento de milium no rosto”. Por isso, nem sempre há o que fazer para evitá-los. 

O Dr. Luiz elenca outros fatores para o surgimento de milium: “o uso de medicamentos tópicos pode favorecer o aparecimento de milium e algumas doenças sistêmicas também”. Então, é interessante evitar produtos com textura oleosa no rosto. 

Por isso, ele ressalta a importância de consultar um médico dermatologista de confiança para uma avaliação mais precisa de como evitar milium no rosto e de como tratá-lo com segurança. 

Como tratar o milium?

Se você se incomoda com a presença de milium na sua pele, existem algumas maneiras de retirá-los do rosto com segurança. Técnicas como limpeza de pele profunda, peelings mecânicos ou químicos, realizadas por profissionais podem ajudar na tarefa de como acabar com milium no rosto. 

Manter uma rotina de cuidados com a pele é outro caminho para o tratamento de milium no rosto. Segundo o Dr. Luiz, utilizar “esfoliantes químicos como AHAs, BHA e retinol” no skincare ajuda no equilíbrio da pele e evita o aparecimento do milium. 

Como é possível que o milium volte depois de um tempo da retirada, é interessante investir em uma rotina de cuidados com a pele. Desse modo, você mantém a pele equilibrada e evita o ressurgimento dele em seu rosto. 

Seja qual for a opção escolhida sobre como tratar milium no rosto, é essencial consultar um médico dermatologista, e o mais importante: sob nenhuma hipótese tente retirar o milium no rosto em casa! Isso pode prejudicar sua pele, causando manchas, infecções e cicatrizes. 

Rotina de skincare para quem tem milium no rosto 

Como em qualquer rotina de skincare, a higienização deve ser a primeira etapa. Ela deixa a pele pronta para receber os benefícios dos produtos aplicados para tratar o milium no rosto. Assim, invista em produtos indicados para o seu tipo de pele. 

milium no rosto

Para equilibrar a produção de oleosidade pela pele, aposte na solução de ácido salicílico da Creamy. Com textura aquosa de um tônico, ele vai desobstruir os poros e controlar a oleosidade, enquanto evita e controla a acne. 

Outra etapa importante é a hidratação. O Creamy Calming Cream é perfeito para ser usado com ácidos, pois além de evitar e melhorar o ressecamento da pele, tem efeito antivermelhidão e anti-irritação. 

Para finalizar sua rotina noturna, aposte num AHA da Creamy. O ácido mandélico é excelente para peles acnecias e com manchas, enquanto o ácido lático é um ótimo aliado para pele sensível: promove uma esfoliação química suave, enquanto hidrata, regula a oleosidade e evita a acne. 

Para peles mais resistentes, aposte no ácido glicólico, que é o mais potente renovador celular e um hidratante profundo. Todos esses ácidos evitam a formação de miliuns, pois promovem esfoliação química e desobstrução dos poros. 

Na rotina diurna, após a hidratação, você pode usar um antioxidante como a Vitamina C da Creamy e finalizar com o protetor solar. 

Os produtos Creamy ajudam na prevenção de milium no rosto!

Com nossa linha de AHAs e BHA concentrados, sua rotina de skincare se torna prática e divertida. Nossos produtos foram pensados para simplificar os cuidados com a pele. Visite nossa loja virtual e confira as opções!

(Visited 4.077 times, 43 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Creamy

comentários

Copyright © Creamy 2022. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#