Acne vulgar, acne da mulher adulta e rosácea: é possível diferenciar?

Acne vulgar, acne da mulher adulta e rosácea: é possível diferenciar?

Atualizado em Jun 30, 2022 nenhum comentário DICAS E TUTORIAIS
Tempo de leitura: 4 minutos

É muito comum confundir os sintomas de uma condição de pele com os de outra. Quando se trata da acne vulgar, da acne da mulher adulta e da rosácea, esses enganos são ainda mais frequentes, o que pode gerar consequências graves para a pele.

Isso porque a automedicação é uma prática muito comum nos cuidados com a pele. Grave por si só, ela se torna pior ainda em casos de diagnósticos errados. Por isso, a Creamy preparou um guia completo para você entender cada um desses problemas e saber como proceder em cada caso. Continue a leitura!

O que é a acne vulgar?

A acne vulgar é o nome utilizado para designar a acne que já conhecemos e lidamos mais comumente. Normalmente, ela não apresenta nenhum risco à saúde, desde que os cuidados corretos sejam tomados.

Os sintomas dessa condição cutânea dependem do grau de manifestação dela. A acne vulgar leve aparece em forma de pequenos comedões e pápulas, enquanto graus mais moderados podem apresentar pus e cistos. Referencialmente, dividimos os sintomas em cinco graus diferentes:

  • grau 1 — acne comedônica;
  • grau 2 — acne pápulo-pustulosa;
  • grau 3 — acne nódulo-cística;
  • grau 4 — acne conglobata;
  • grau 5 — acne fulminans.

Assim como acontece com outras doenças cutâneas, as causas da acne vulgar podem ser diversas. As mais comuns são excesso de produção sebácea, hiperqueratinização dos poros e ação bactericida. É mais comum observar esses tipos de acne em adolescentes, mas elas podem aparecer em qualquer idade.

Tratamento contra a acne vulgar

Atualmente, existe uma série de tratamentos contra a acne para se livrar desses visitantes indesejáveis no rosto. O primeiro passo é entrar em contato com um dermatologista, porque ele pode examinar sua pele e indicar o melhor plano de ação. 

Nunca tente começar um tratamento sem orientação profissional — até mesmo a acne vulgar grau 2 e 3 pode exigir métodos completamente diferentes. A indicação do especialista pode incluir medicamentos, cosméticos e até procedimentos cirúrgicos.

O que é a acne da mulher adulta?

Como explicamos anteriormente, a acne vulgar pode ultrapassar os limites da adolescência e permanecer até a vida adulta. No entanto, particularmente em mulheres, alguns casos podem evoluir para um quadro de acne da mulher adulta. 

Diferentemente do que costuma acontecer na adolescência, a acne da mulher adulta pode ter causas ainda mais diversas e sintomas mais pungentes. Esse tipo de condição se apresenta por meio de pápulas e nódulos bastante doloridos, comumente inflamados e localizados na parte inferior do rosto. 

A principal causa da condição está ligada ao desequilíbrio hormonal feminino, mas a rotina da pessoa também tem grande influência. Tanto o hábito de fumar quanto um skincare inadequado são exemplos de fatores que podem levar a pele a desenvolver esse tipo de acne. 

Tratamento contra a acne da mulher adulta

Enquanto os tratamentos contra a acne vulgar costumam ter efeitos positivos rapidamente, esta não é uma regra ao tratar a acne da mulher adulta. Isso porque ela é bem mais persistente e pode exigir muito mais cuidados durante o processo.

Como sempre, a recomendação é procurar um especialista para analisar o seu quadro e identificar as possíveis causas dele. Assim, ele pode indicar o melhor tratamento e mostrar como evitar o reaparecimento da doença.

O que é a rosácea?

A rosácea é bastante diferente das condições que mostramos, mas ainda assim é muito confundida como uma consequência delas. Isso se deve ao principal sintoma da doença, que é a aparição de grandes manchas avermelhadas pela pele. 

Essas áreas avermelhadas resultam da inflamação dos vasos sanguíneos da pele e, como esta característica também pode estar ligada à acne, a rosácea é uma condição totalmente paralela. Outra semelhança entre as doenças é que a rosácea também pode gerar o aparecimento de pápulas e pústulas.

Entretanto, uma das principais diferenças entre as doenças é que a rosácea tem períodos mais agudos e outros de menor manifestação. Dependendo do grau dela, pode ocorrer engrossamento da pele e fotossensibilidade nas áreas afetadas.

Tratamento contra a rosácea

O tratamento é outra diferença marcante entre a acne vulgar e a rosácea, porque a última não tem cura. Hoje, já existem tratamentos que podem minimizar os sinais e sintomas dela, mas é uma doença crônica. Já a acne pode ser crônica em alguns casos, pois mesmo ocorrendo a melhora completa após a adolescência, ela pode retornar na vida adulta em menor grau. 

Normalmente, não são necessários tratamentos medicamentosos e todos os cuidados são feitos por meio do uso de produtos tópicos. No entanto, a opinião de um especialista é fundamental para garantir os cuidados necessários.

Sempre busque um dermatologista

Assim como qualquer tipo de automedicação, o autotratamento contra doenças cutâneas é muito perigoso. Nunca se diagnostique sozinho ou comece um tratamento sem antes consultar um profissional especializado.

Apenas um dermatologista pode examinar sua pele e entender quais são os cuidados que ela precisa para voltar à saúde. Alguns casos, por exemplo, só podem ser solucionados com um antibiótico para acne vulgar ou algum tipo de solução que você só terá acesso com a indicação do especialista.

A Creamy tem os cuidados que você precisa!

Os cosméticos da Creamy foram desenvolvidos por um médico pós-graduado em dermatologia, com fórmulas seguras e inteligentes, baseadas em necessidades reais de consultório. Garanta esses cuidados visitando nossa loja virtual e receba seus Creamys na porta de sua casa!

Ácido Lático.
(Visited 190 times, 1 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Creamy

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Copyright © Creamy 2022. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#