Acne Positivity apoia a autoaceitação da pele real e acneica

Acne Positivity apoia a autoaceitação da pele real e acneica

14/07/2021 nenhum comentário (DES)CONSTRUÇÃO
Tempo de leitura: 4 minutos

Por muito tempo, a mídia fez questão de não mostrar espinhas no rosto. Ter a pele acneica já foi sinônimo de vergonha para muita gente, até que o movimento Acne Positivity invadiu a internet com o objetivo de promover a autoaceitação de uma pele real e sem filtros. Inspirado no já conhecido “Body Positive”, que defende corpos reais, ele busca melhorar a autoestima de quem sofre com espinhas, manchas e cicatrizes.   

Conversamos com Gustavo Claussen Costa Velho, médico dermatologista, para entender mais sobre o assunto e a importância de investir em um tratamento para acne – mesmo aceitando a sua pele do jeitinho que ela é. 

O que causa acne?

Já falamos sobre os tipos de acne por aqui. O Dr. Gustavo, formado pela Universidade Federal Fluminense, explica que esta “é uma doença inflamatória da pele, que acomete tanto a face quanto outras áreas do corpo, obstruindo a saída dos folículos pilosos (pelos) e resultando em lesões inestéticas ou cicatriciais”. 

Mas, o que causa acne? A verdade é que ela possui diferentes causas, podendo ocorrer pelo aumento da produção de sebo na pele, colonização bacteriana alterada e também por excesso da queratinização. “Inicia-se principalmente no período da puberdade, por conta das alterações hormonais esperadas, que acabam induzindo as glândulas sebáceas mais intensamente. Entretanto, a condição pode surgir na fase adulta, majoritariamente nas mulheres. Nesse caso, chamado de acne hormonal, é comum controlar a doença com o uso de anticoncepcionais.”, aponta.

Herança genética, estresse, alterações hormonais, hábitos alimentares ruins, remédios, tabagismo, poluição e cosméticos inadequados são alguns fatores desencadeantes da acne. 

Movimento Acne Positivity: aceite suas espinhas

Em 2020, devido a pandemia do coronavírus e isolamento social, grande parte das mulheres abandonou o uso da maquiagem. Em contrapartida, os filtros do Instagram nunca foram tão utilizados. De uma forma ou de outra, as pessoas buscam maneiras de esconder a pele real. 

O Movimento Acne Positivity surgiu logo após a febre dos filtros irrealistas, para ressignificar a condição inflamatória da pele e promover a aceitação das espinhas e cicatrizes no rosto. 

Acne Positivity

Para o Dr. Gustavo, um movimento de aceitação à acne se faz necessário por se tratar de uma condição muito frequente e, na maioria dos casos, com difícil controle. “A acne deve ser encarada de forma mais adaptativa, sem gerar problemas de autoestima e de interação social”, afirma. 

Apesar da tendência digital valorizar o ‘perfeccionismo corporal’, movimentos como este estimulam as pessoas a se sentirem mais livres e menos pressionadas a camuflar a pele acneica ou fora dos padrões impostos pela mídia. O dermatologista destaca que “a normalização e valorização do real nunca foi tão importante, pois facilita a vida em sociedade, aumentando a autoestima”.

A pele acneica merece cuidados especiais 

Os movimentos de aceitação dos corpos e peles reais são necessários e positivos, mas não dá pra deixar os cuidados de lado. Segundo o especialista, a importância do tratamento da acne se dá tanto pelo controle das lesões inflamatórias – que costumam causar dores – quanto para prevenir cicatrizes e manchas – que incomodam esteticamente. 

O Dr. Gustavo diz que “o tratamento e controle precoce ocorre de forma mais eficiente e menos custosa a longo prazo. Corrigir cicatrizes e manchas pode ser um desafio ainda maior do que controlar a acne”. 

Dicas de cuidados com a pele do rosto

Uma boa rotina de skincare é a melhor aliada. O passo a passo recomendado para os cuidados com o rosto conta com limpeza, hidratação, tratamento e proteção. 

“O cuidado com a pele deve ser implementado através de fármacos e cosméticos com eficácia já comprovada. Sempre que possível, busque um tratamento para acne personalizado e recomendado por um profissional da área”, indica.

⚠ Aceite a sua pele todos os dias, mas mantenha a saúde dela sempre em dia.

Acne Positivity e saúde mental 

Pesquisas já comprovaram que a acne causa um grande impacto psicológico. Um estudo publicado no British Journal of Dermatology, por exemplo, mostrou que mais de 60% das pessoas com a pele acneica possuem tendência à depressão. 

O dermatologista Gustavo ressalta a importância do movimento Acne Positivity e afirma que buscar um equilíbrio é indispensável. “A pele está diretamente ligada ao nosso comportamento alimentar. A busca pelo equilíbrio sempre se fez necessário, tanto para o processo de cura quanto para a prevenção de doenças”. 

Além de uma rotina de skincare com bons produtos para o rosto e acompanhamento médico, o especialista recomenda a prática de esportes e uma alimentação equilibrada. “Esses hábitos podem ser precursores do sucesso na busca da longevidade da pele saudável, melhora da saúde mental e bem-estar”.

(Visited 457 times, 1 visits today)

compartilhe esse conteúdo:

Carolinne Moraes

Jornalista focada em comunicação digital, curitibana e mãe de gatos. Adepta ao estilo de vida Creamy: somente o essencial.

comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © Creamy 2021. Todos os direitos reservados. Todas as marcas e suas imagens são de propriedade de seus respectivos donos. É vedada a reprodução, total ou parcial, de qualquer conteúdo sem expressa autorização.
#