Já ouviu falar em N-beauty? Conheça a rotina de skincare nórdica

O beauty influencer Ale Reiis ficou apaixonado pela N-beauty – ou “nordic beauty” – desde que conheceu a tendência. “Eu tô sempre pesquisando o universo da beleza, é o foco do meu trabalho! E aplico todos os ensinamentos antes de compartilhar. Quando testei, achei tudo a ver comigo”, conta.

Segundo ele, vai muito além dos passos de beleza: há toda uma cultura por trás desse termo. “Os nórdicos defendem o minimalismo. No skincare, apostam em poucos passos, mas efetivos. Menos é mais”, explica. 

O conceito se estende ao DNA das marcas, que costumam pensar em consumo consciente, não testar em animais e muito mais. “Elas geralmente escolhem ativos mais poderosos, regionais e naturais, focados na sustentabilidade. Há uma preocupação até mesmo com a embalagem do produto, que geralmente é minimalista e funcional.”

Para Ale, é preciso repensar nossos hábitos de consumo – e é isso que a tendência propõe. “Precisamos olhar para o número indiscriminado de produtos que usamos… N-Beauty pensa em consumo consciente.”

Passo a passo

De acordo com Ale, a rotina nórdica não tem grandes segredos. “É importante ter a pele limpa, hidratada e protegida. Não muito mais do que isso. Apenas saudável e equilibrada. Se a gente usa menos produtos, tem mais controle do que usa, e aí fica muito mais fácil atingir esse equilíbrio.”

Os ingredientes são variados: ácido hialurônico, vitamina C, aloe vera, camomila… As máscaras faciais também podem ser usadas. “Argila tem a cara da N-beauty”, aconselha.

Rotina do Ale Reiis

Ale Reiis é conhecido no Instagram por ser um defensor apaixonado das máscaras faciais. “Tenho até a hashtag #minhamáscaraminhavida, que as pessoas usam muito para compartilhar esse momento que a gente tira só pra gente.”

Foto: arquivo pessoal

“De jeito nenhum fico sem máscara. Ela foi feita para trazer resultado imediato – e é disso que eu gosto. Se estou com o rosto cansado e preciso fazer uma foto, por exemplo, é o que recupera a minha pele”, diz. “ Prefiro as de argila ou carvão e as sheet masks, que são do K-beauty e vieram pra ficar.”

Quanto ao passo a passo diário, ele fala que não dispensa uma boa limpeza e uma boa hidratação. “Uma coisa que eu não fico sem fazer é a limpeza. Eu acho que é a única coisa que a pele não faz sozinha. Mas gosto da tonificação também. É um passo que muita gente pula, mas eu adoro. Também não fico sem hidratante. Nos dias em que vou pra rua de máscara cirúrgica, uso só um sérum hidratante – que a pele absorve muito mais rápido – e protetor solar.”

Vaidoso, ele também curte ter produtos específicos na prateleira. “Eu já passei dos 30, então gosto de ter produtinhos pra situações diferentes. A pele dá uma mudada sazonal… Não preciso ter um arsenal, mas tento cobrir os principais problemas. Por exemplo: geralmente não tenho acne, mas às vezes aparece uma espinha. Aí eu gosto de ter um produto pra isso.”

Os específicos indispensáveis são para olhos, lábios e sobrancelhas. “Adoro creminho para área dos olhos. No começo, eu achava que não funcionava, mas na verdade eu era muito novo e não precisava. Agora faz bastante sentido. Também uso balm labial e produto para nutrir as sobrancelhas. Já perdi os pelinhos e agora invisto nesse cuidado”. Por fim, ele conta que aposta nos esfoliantes químicos de duas a três vezes na semana e é fã da vitamina C.

 “Skincare é pra embelezar a pele, mas é diferente de tratamento. É um carinho, é cosmético. Eu me preocupo em usar marcas com propósito”, finaliza.

1 Comentário Já ouviu falar em N-beauty? Conheça a rotina de skincare nórdica

  1. Pingback: Esfoliação: sinais de que você está exagerando | - Blog Creamy

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *