Ácido glicólico previne o envelhecimento

Skincare é uma ótima alternativa para quem deseja prevenir o envelhecimento. E o ácido glicólico é um grande aliado.

Aqui no blog, já falamos das propriedades poderosas desse ativo, que é:

  • Clareador;
  • Uniformizador;
  • Esfoliante;
  • Seborregulador;
  • Redução de rugas e cicatrizes;
  • Pele mais firme.

Mas como o ácido glicólico previne o envelhecimento?

Segundo as bioquímicas Isabela Sousa Borges e Cláudia Peres da Silva, no artigo Peeling Químico No Tratamento De Mãos Com Fotoenvelhecimento, publicado na Revista Multidisciplinar da Faculdade do Noroeste de Minas, a FINOM: “O envelhecimento precoce que ocorre em pessoas com grande exposição ao sol e a luzes diretas como de computadores proporciona o aparecimento de rugas, manchas senis e sulcos ao tecido cutâneo”.

Segundo a pesquisadora Ana Claudia Zdebski, no artigo Utilização do ácido glicólico a 10% para revitalização de peles maduras, publicado na Revista Thêma et Scientia: “A ação do ácido glicólico como querato-regulador (inibindo a coesão dos corneócitos) promove maior flexibilidade, hidratação, aumento das fibras de colágeno e elastina”.

Os médicos Rômulo Mêne, Wilson Rubens Andreoni, Paulo Moraes e Odinaldo Mendonça também ressaltam, no artigo Peeling químicos combinados: “Outra hipótese de como o ácido glicólico atua atenuando as rugas é pelo fato de aumentar a síntese da glicosaminoglicana e outras substâncias da matiz intercelular da derme humana. A glicosaminoglicana é uma proteína multiramificada e tem a propriedade de fixar a molécula de H2O em suas intermináveis ramificações. Por este fato é possível reter água no interior da derme, o que contribui para aumentar o turgor da pele e com isto conseguir uma diminuição das rugas superficiais e médias”.

Como fazer um tratamento domiciliar com ácido Glicólico?

Se você está procurando um ácido glicólico para sua rotina de skincare, saiba que o Cremy Glicólico é um hidratante profundo que uniformiza a pele, melhora a textura e reduz os poros. Além disso, tem ativos poderosos como: niacinamida, que controla o brilho, textura, hidrata a pele e suaviza as manchas; e o alfa-bisabolol que é um regenerador celular, o que minimiza os efeitos colaterais do ácido.

Para aplicá-lo, o primeiro passo é higienizar a pele. “Essa limpeza prévia da pele, antes do uso da medicação domiciliar, faz com que haja melhor atuação dos produtos em uso (normalmente teremos uma potencialização do tratamento)”, dizem Rômulo Mêne, Wilson Rubens Andreoni, Paulo Moraes e Odinaldo Mendonça.

Feito isso, passe uma fina camada do ácido glicólico sobre a pele – de preferência à noite. Durante os 10 primeiros dias, aplique pequenas quantidade em noites alternadas. Para decidir se é possível aumentar ou diminuir a frequência de uso do produto, observe a aceitação da sua pele. E não se esqueça de protegê-la com protetor solar todos os dias para evitar manchas ou irritação.

Confira como aplicar o ácido da Creamy: Rotina de skincare: qual é a ordem correta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *