Alfa-arbutin: o ativo que clareia manchas na pele

O alfa-arbutin é o isômero mais ativo do arbutin, uma molécula derivada da hidroquinona, encontrada nas folhas das uvas-ursi.

Qual é a função do alfa-arbutin na pele?

O alfa-arbutin clareia e uniformiza o tom de todos os tipos de pele.

Ele foi criado para acabar com os inconvenientes técnicos de um dos mais eficientes despigmentantes do mercado: a hidroquinona.

Além da sua instabilidade na presença da luz, a hidroquinona também apresenta caráter lesivo em contato com a pele, podendo causar séria irritação. Produtos contendo hidroquinona hoje são vendidos apenas com prescrição médica e não devem ser usados sem a supervisão de um dermatologista: a hidroquinona além de ser irritativa, pode causar irreversíveis manchas brancas no rosto.

Mas o arbutin veio para acabar com esses problemas. Sendo um derivado estável da hidroquinona, também tem ação inibidora da tirosinase (enzima que produz melanina), sem causar irritação e sem ser tóxica para as células da pele. Age reduzindo a produção da melanina no local onde é aplicada.

Além de minimizar manchas já existentes, o alfa-arbutin atua reduzindo o bronzeamento da pele após a exposição solar (o que reduz o efeito-rebote do melasma que ocorre no verão).

Há alguma contraindicação?

Não, praticamente todo mundo pode usar.

O ideal é consultar o seu dermatologista previamente.

Como a Creamy usa o alfa-arbutin?

O ativo está presente no Creamy Mandélico. Clique aqui para conhecer o produto.

REFERÊNCIAS

Cui T, Nakamura K, Ma L, Li JZ, Kayahara H. Analyses of arbutin and chlorogenic acid, the major phenolic constituents in oriental pear. J Agric Food Chem. 2005; 53:3882-7

Hipercromias: Formulário Médico Farmacêutico. 4 edição, São Paulo: Pharmabooks, 2011: 659p SOUZA & ANTUNES JUNIOR, Ativos Dermatológicos, ed. 10, São Paulo: Pharmabooks, 2013: 254p. Vol. 1 a 8

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *